amr

amr

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Porque há caminhos que nunca se cruzam, mas também nunca se afastam.



Vivemos vidas paralelas mas  percorrermos sempre a mesma estrada.
Temos a perfeita noção que por agora não nos iremos cruzar, mas mesmo assim, nenhum de nós tem coragem de parar esta a viagem.
Deixarmos de nos acompanhar um ao outro é algo que não conseguimos imaginar, porque mesmo sem nos podermos tocar, caminhamos lado a lado, amparamo-nos, defendemo-nos e não pedimos nada em troca.
 E quando as forças se vão, quando o caminho parece já não ter fim e por instantes perdemos a vontade de correr... Lembramo-nos sempre de todos os momentos bons que passámos juntos, das nossas conversas intermináveis, brincadeiras que só nos entendemos e até discussões.
E tudo isso prevalece à nossa estrada que nunca se cruza, porque um dia, o caminho chegará ao fim e mesmo que passe muito tempo, nós sabemos que esse dia vai chegar.


2 comentários:

Ritinha disse...

Está bonito este texto!

" Smile disse...

não perder a esperança é sem duvida meio caminho andado