amr

amr

terça-feira, 6 de março de 2012


Eu sei que a minha independência te assusta...
Que a minha força e intensidade de viver te retraem...
Um dia digo-te em segredo, baixinho, que preciso de ti!!
E escondo-te que preciso bem mais de mim.
Sou assim porque sou...
Ri-o alto quando preciso de me rir...
Falo muito porque tenho que falar...
E há dias em que por muito que  a minha voz me trema, eu sei que não me posso calar.

2 comentários:

Raven disse...

As primeiras linhas descrevem-me tão bem... Só que eu não escondo nunca que preciso bem mais de mim. O que incomoda muita gente...

Porque um dia me perdi... disse...

Muito bem dito