amr

amr

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Porquê "Há um amor que nunca morre" ?

Quando fiz este blog, fi-lo para uma pessoa de quem eu gostava muito mas que me trocou pela sua profissão. O blog tinha outro nome, outra cara... E eu tinha outros sentimentos, outra maneira de ver a vida.
O tempo passou e essa pessoa foi saindo devagarinho da minha vida. O tempo exigiu que eu a esquecesse e ela ficou cada vez mais distante.
Foi aí que decidi mudar este blog... Porque apesar de às vezes ainda ser invadida pela saudade, ele já não está na minha vida nem no meu dia, desde a hora em que me levanto à hora em que me deito. É impossível, neste momento, eu pensar que o voltarei a amar.
Criei o " Há um amor que nunca morre" por isto mesmo, porque descobri que na vida, e por muitos homens que nos passem pelo " currículo", há um... Há um amor que nunca morre! Que fica connosco para sempre, que deixa uma pequena ferida no nosso coração, que rói... que é difícil de sarar.
O G. no dia em que foi embora deixou o meu coração a sangrar, mas bem ou mal, depressa ou devagar... Ele sarou.  
Só que o A. ... O A. foi embora à muito tempo, e apesar de estar perto, mantém-se mais longe que outro qualquer. Com ele, o meu coração também ficou  a sangrar, uns dias mais que outros. Há dias que nem se sente a ferida, mas há outros... há outros em que ela ataca e se sente tão bem que nunca, mas nunca chegou a fechar. Simplesmente, ela nunca chegou a sarar!
O A. pode até casar, pode ter filhos lindos ou emigrar para o outro lado do mundo, mas será para sempre meu... Porque eu ainda tremo só de ouvir a sua voz, ainda lembro o toque dele, ainda nos compreendemos só com um olhar ...e ainda sinto, ainda sou capaz de sentir...se ele está bem ou está mal, mesmo distante e com uma barreira no meio de nós.
Foi pelo A.!!!  Por ele e pelo nosso amor... pelo nosso amor que nunca morre, que eu criei este blog!

3 comentários:

Vânia disse...

é mesmo verdade, podem passar muitas pessoas pela nossa vida, paixões intensas, mas eu também acredito que há apenas uma que nos marca para sempre:-)

beijinhos

Porque um dia me perdi... disse...

Bela forma de ver as coisas.Eu também acredito nisso. E também sou dona de um amor assim. Que ficou lá atras..a quem desejo tudo de bom...mas que quero nao ter ver/rever. ..pk tb eu ainda tremo só de ouvir falar no seu nome...quando ouço a sua voz.

Ainda é assim...apesar de hoje estar feliz!!

QUIM disse...

Lendo esse post me preceu eamiliar..rs..eu tive uma historia semelhante..Por vezes perdemos alguem e nunca conseguimos substitui-la..e torna-se muito dificil..principalmente quando foi bom e intenso e acabou sem razao e sem motivo..e ficamos como que congelados..incapazes de nos decidirmos a esquecer faz hoje 18 meses que perdi o amor da minha vida e que me perdi junto..a minha vida continuou.mas existira sempre um lugar enorme no meu peito para eese amor insuperavel..bj..agente doi..mas continua....e somente agente entende essa falta.gostei daqui,..